Livro

A Roça

Lucy Almeida Lucy Almeida 13 de Março de 2016
13 de Março de 2016

 

A aspereza da tua textura

Entre meus dedos esvaecida

Pela umidade amolecida

É sentida.

No ar, de agreste olor

O teu cheiro embevecido

Destoa a brisa em calor

Qual elixir vital é preterido

Estás pronta!

Fendas abertas olham para o céu

Em escarcéu

Recebem as sementes

Que o limbo prenuncia e fertiliza

No âmago

A fartura da colheita

Safra feita.

 

(Lucy Almeida, Maceió, 03.03.2016, às 23:14 h)

Denuncie conteúdo abusivo
Lucy Almeida ESCRITO POR Lucy Almeida Escritora
Maceió - AL

Membro desde Janeiro de 2010