Portal Escritores

Poema de uma histerectomizada

Poema de uma histerectomizada que entrou e saiu do centro cirúrgico sem ver a cara da sua ginecologista.
Recebeu alta hospitalar de uma desconhecida que chegou ao seu apartamento chamando-a por outro nome. 




Sentar-me-ei na banquetinha
Diante da minha Mitsubishi
Cortarei em tecido uterino
Um modelito lindamente feminino.
O barrado, ricamente trabalhado,
Com anjos barrocos de miomas aplicados.
Um fluxo!

Em cartão de fibra perineana,
Com fios pubianos bordarei:

À Doutora displicente,
Que este presente
Fique brocado em sua mente
E nunca mais menospreze
Suas pacientes


 

























Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Lucy Almeida
Escrito por:
Lucy Almeida
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 08 de Janeiro de 2010

Já foi visto 1,544 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


1,531
Leram
0
Vão ler

Textos do Mesmo Autor
AUTO DE NATAL

Por Lucy Almeida

EU POR MIM

Por Lucy Almeida

AHIRANIE

Por Lucy Almeida

Berço Cultural

Por Lucy Almeida