Portal Escritores

O MUNDO É ETERNO, A VIDA SIM, QUE PADECE

O MUNDO É ETERNO, A VIDA SIM, QUE PADECE

 

O mundo não se acaba, mas a vida sim

Já temos os nossos dias contados

Basta a morte escolher qual de nós

É o próximo felizardo.

 

O mundo nunca muda, mas a vida sim

É proporciona grandes acontecimentos

Que nos fazem gerar fragmentos

Pelas batalhas vividas no tempo.

 

A vida morre, mas o mundo continua

Nosso semelhante nele permanece

A tua luz nunca escurece

Ela é eterna, a vida sim, é que padece!

 

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Bezerra
Escrito por:
Bezerra
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 25 de Julho de 2011

Já foi visto 894 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


892
Leram
0
Vão ler