Nívea Lágrima

Emanuel Galvão Emanuel Galvão 20 de Novembro de 2011
02 de Julho de 2014

 

 
 
Assim como sabemos 
Que após cada noite
Surge o amanhã,
Assim também
O sol da alegria brilhará
Por sobre teus olhos,
Afastando a tristeza.
Mas,
Se uma nívea lágrima
Escorrer pelo teu rosto,
Que ela sirva para irrigar
A vida seca
Dos que não sabem
Nem chorar.
 
 
*Visite nossa fan page no facebook: Click aqui!
 
(Emanuel Galvão - Livro Flor Atrevida - Editora Quadrioffice/2007)
Attachment Image
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao user original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Denuncie conteúdo abusivo
Emanuel Galvão ESCRITO POR Emanuel Galvão Escritor
União dos Palmares - AL

Membro desde Outubro de 2011

Comentários

ronperlim
ronperlim

Somente a brancura das emoções podem orvalhar olhos secos, o coração árido para que se brote alegria e o amor aflore; fazendo o riso se espalhar espelhar. Até mais!