Portal Escritores

Nívea Lágrima


 

 
 
Assim como sabemos 
Que após cada noite
Surge o amanhã,
Assim também
O sol da alegria brilhará
Por sobre teus olhos,
Afastando a tristeza.
Mas,
Se uma nívea lágrima
Escorrer pelo teu rosto,
Que ela sirva para irrigar
A vida seca
Dos que não sabem
Nem chorar.
 
 
*Visite nossa fan page no facebook: Click aqui!
 
(Emanuel Galvão - Livro Flor Atrevida - Editora Quadrioffice/2007)

Comentários

ronperlim
ronperlim 20 de Novembro de 2011 às 22:07

Somente a brancura das emoções podem orvalhar olhos secos, o coração árido para que se brote alegria e o amor aflore; fazendo o riso se espalhar espelhar. Até mais!

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Emanuel Galvão
Escrito por:
Emanuel Galvão
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 20 de Novembro de 2011

Atualizado em 02 de Julho de 2014

Já foi visto 1,157 vezes

Favorito de 1 leitor

Categoria Poesias


1,156
Leram
0
Vão ler

Tags

Favorito de 1 leitor
Textos Relacionados
Soneto sequencial

Por Leonardo Jordão

BOLA

Por Lucélia Pontes

Coração de menina

Por AdrianoRockSilva

Tropeço inesperado

Por AdrianoRockSilva

As pessoas e eu em quartilhas

Por Leonardo Jordão

Textos do Mesmo Autor
Escambo

Por Emanuel Galvão

Lendo Ivo

Por Emanuel Galvão

Em Pessoa

Por Emanuel Galvão

Do Arquiteto Ao Arquiteto

Por Emanuel Galvão