Portal Escritores

Beleza de Mulher

 

Vejo seu rosto

Sinto seu corpo

Como alguém que vê

Sente ou entra no mar

Pela primeira vez

É sempre um impacto

A gente nunca sabe 

Se tem limite

Aquela maravilha.

 

(Emanuel Galvão - Flor Atrevida - Quadrioffice/2007)

 

*Visite nosa fan page no facebook: Click aqui!

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Emanuel Galvão
Escrito por:
Emanuel Galvão
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 21 de Novembro de 2011

Atualizado em 02 de Julho de 2014

Já foi visto 1,430 vezes

Favorito de 1 leitor

Categoria Poesias


1,422
Leram
0
Vão ler

Tags

Favorito de 1 leitor
Textos Relacionados
O OUTRO LADO DA SOCIEDADE

Por Ernande Bezerra

Estranha Mente Só

Por Brenda Barreto

Pensamentos

Por Josivaldo Teixeira

Textos do Mesmo Autor
Anotações Importantes

Por Emanuel Galvão

Escambo

Por Emanuel Galvão

Cana de Açucar

Por Emanuel Galvão

Metáforas

Por Emanuel Galvão