Portal Escritores

Beleza de Mulher

 

Vejo seu rosto

Sinto seu corpo

Como alguém que vê

Sente ou entra no mar

Pela primeira vez

É sempre um impacto

A gente nunca sabe 

Se tem limite

Aquela maravilha.

 

(Emanuel Galvão - Flor Atrevida - Quadrioffice/2007)

 

*Visite nosa fan page no facebook: Click aqui!

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Emanuel Galvão
Escrito por:
Emanuel Galvão
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 21 de Novembro de 2011

Atualizado em 02 de Julho de 2014

Já foi visto 1,395 vezes

Favorito de 1 leitor

Categoria Poesias


1,387
Leram
0
Vão ler

Tags

Favorito de 1 leitor
Textos Relacionados
Textos do Mesmo Autor
Escambo

Por Emanuel Galvão

Dos Excluidos

Por Emanuel Galvão

Homem

Por Emanuel Galvão

Corações Fragmentados

Por Emanuel Galvão

Furta-cor

Por Emanuel Galvão