Portal Escritores

Cínico

 

 
 
 
O meu menino é assim: Sincero
Pelo menos é o que espero
Quando ele me diz coisas que qualquer mulher gosta de ouvir
Quando me beija a pele, começa sempre pela boca
E pra me deixar completamente louca
Percorre todo resto como um explorador
em terra nunca vista 
Consegue ser o meu amor
Carinhoso e detalhista
Em partes tão escondidas, tão sensíveis que me fazem rir
Sabe meu canto predileto
Cínico
Que conhecendo perfeitamente a geografia do meu corpo
Perde-se nele por completo
Pra poder redescobrir
Fingir que é novidade....
Nem sei se é por maldade
Que ele age assim
Pra poder me deixar com saudade
Dessa masculinidade que brinca
Feito criança
E me faz ter esperança
De te-lo sempre pra mim.
 
(Emanuel Galvão - Livro Flor Atrevida - Quadrioffice/2007)
 
*Visite a nossa fan page no facebook: Click aqui!

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Emanuel Galvão
Escrito por:
Emanuel Galvão
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 23 de Novembro de 2011

Atualizado em 02 de Julho de 2014

Já foi visto 801 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


797
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Jardim suspenso

Por AdrianoRockSilva

O poeta não morrerá

Por Josivaldo Teixeira

INSUBSTITUÍVEL

Por Lucélia Pontes

Hospedaria

Por Eduardo Proffa

O Dom

Por Claudenor de Albuquerque

Textos do Mesmo Autor
Mar Sem Fim

Por Emanuel Galvão

Molhada de Suor e de Desejo

Por Emanuel Galvão

Eclipse

Por Emanuel Galvão

Escambo

Por Emanuel Galvão