Portal Escritores

Nem Tudo é Amor

 

NEM TUDO É AMOR

 

Magoou, machucou a minha mente

Me envenenou, com seu jeito de serpente

Ao sair, fez de mim fera ferida

Sem razão, sem explicar a despedida

 

E sem rumo, vivi minha solidão

Aprisionado, pois era tudo ilusão

Sem um norte, contaminado e sem saída

Por um vírus, que percorreu a minha vida

 

E sem saber o quê, porquê e como aconteceu

Da minha vida, você desapareceu

Fiz alicerce, construí a minha torre que se reergueu

 

Então pedi a Deus, falando em forma de oração

Para curar e amaciar meu coração

Te desejo o bem, mesmo estando aquém da minha opção

Que é não lembrar de você

 

Vou deixar tudo para trás

Recriar dar uma nova cor

Pois quem planta, colhe e logo traz

Aprendi, nem tudo é amor

 

(Jabs Barros)

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Jabs Barros
Escrito por:
Jabs Barros
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 03 de Dezembro de 2011

Já foi visto 543 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Letras de Música


543
Leram
0
Vão ler

Textos do Mesmo Autor
VEJA OS SINAIS

Por Jabs Barros

NÃO PASSE A BORRACHA

Por Jabs Barros

Chama o Bombeiro

Por Jabs Barros

Terremoto de Prazer

Por Jabs Barros