Tema Acessibilidade

DIÁLOGO DE BOTEQUIM

Dois sujeitos, prá lá de embriagados, se encontram em um botequim e começam a conversar:

- E aí, cara, tudo bem?

- Tudo legal.

- Mais uma pinga?

- Não. Mais duas.

- Valeu. Você é dos meus.

- Onde você mora?

- Na Rua da Floresta

- Coincidência. Eu também.

- Mais uma?

- Na hora.

- Por que você tá tomando uma?

- Comemorando meu aniversário.

- Outra coincidência. Eu também.

- Todo aniversário meu, sempre encontro outro aniversariante.

- Curioso, eu também.

- E nesse mesmo bar.

- Peraí, você já tá de sacanagem. Eu é que encontro outro aniversariante, todo ano, nesse mesmo bar.

- Sacanagem não, me respeite. Aliás, nunca vi você por aqui.

- Mentiroso.

- Impostor.

- Outra pra acalmar?

- Você paga?

- Ok, mas a próxima é sua.

- Valeu.

- Rua da Floresta, é?

- Sim, número 56.

- Não é possível, eu também.

- Como é seu nome?

- Cosme. E o seu?

- Damião.

Não demorou e chegou o pai dos dois, na maior bronca:

- Pra casa, seus malandros. Todo aniversário de vocês, é a mesma palhaçada!


(Sander Dantas Cavalcante)
Attachment Image
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
0
1,1 K visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Sander ESCRITO POR Sander Escritor
Maceió - AL

Membro desde Julho de 2012

Comentários