Portal Escritores

Corações Fragmentados

 

foto

 

Quantas vezes amará um coração fragmentado?

Quantos desertos atravessará em sua solidão?

A resposta está, tão somente, na perfeita aptidão

Que tem o coração para ser cruelmente maltratado.

 

Às vezes acho, que nunca mais amarás

Que nunca, nunca mais haverá sofrimento

Pois ora vejo, bateres descadenciado e lento

E firme nessa decisão, não voltarás atrás.

 

Mas percebo ajuntares os teus fragmentos

Na carência pérfida dos solitários momentos

Em que a pele implora por prazer.

 

E tu, coração apaixonado, teimas em ceder

Apostando na alegria, coração sem juízo

Quase se deixando abater, bates, amar é preciso.

 

(Do Livro Flor Atrevida, editora Quadrioffice - 2007)

 

*Visite nossa fan page no facebook: Click aqui!

 

Comentários

João Filho (JF)
João Filho (JF) 26 de Março de 2014 às 10:31

As pessoas busca em vida por três coisa: 1 Uma coisa pra fazer... 2 Uma coisa pra amar... 3 Uma coisa pra esperar... Esse texto poético resume bem isso... Muito lindo!

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Emanuel Galvão
Escrito por:
Emanuel Galvão
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 29 de Outubro de 2012

Atualizado em 02 de Julho de 2014

Já foi visto 1,012 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


999
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Textos do Mesmo Autor
Poeminha Traquino

Por Emanuel Galvão

Antes Que Meu Coração Pare

Por Emanuel Galvão

Em Pessoa

Por Emanuel Galvão