Tema Acessibilidade

O FOLCLORE DA MINHA TERRA

• Atualizado

O folclore é a herança que recebemos das gerações passadas e transmitimos para os nossos descendentes. É o saber do povo. O folclore é considerado como patrimônio da humanidade, sem discriminação de sexo, idade, cor, credo em qualquer lugar e qualquer tempo. SÃO EXPRESSÕES FOLCLÓRICAS: Dança – folguedos - artesanato – musica – teatro – cantores – festa – jogos – brinquedos – brincadeira – superstições – magia – crendices – anedotas – provérbio – tabus – medicina popular – feiras populares. O folclore miguelense tem também suas expressões como: feira da ponte – crendices – folguedos – artesanato – festas populares. Como a tradicional feira da ponte onde destacamos – os cantadores de violeiros, comidas típicas e folguedos. Destacamos a dança da Taieira e dos quilombos cujos folguedos eram ensaiados pela nossa imortal Nair da Rocha Vieira mais conhecida por “Nair da Albertina”, essa imortal figura trazia no sangue o amor pela dança e pela música, sendo considerada um patrimônio da cultura popular do nosso município.. A HISTÓRIA DA TAIEIRA A Taieira é uma dança típica de São Miguel dos Campos, dança folclórica autenticamente de mulatos. Ligados aos reinados dos congos e estruturados na época da escravidão. Registrada em Sergipe (na cidade de Lagarto) por Silvio Romero, julgava-se que este Estado onde ainda aparece, segundo testemunho de José Calazans Brandão. Contudo em Alagoas também dançava segundo os depoimentos de Nicodemos Jobim (Anadia) e Aloísio Vilela a (Viçosa) e nos atuais dias no Município de São Miguel dos Campos; quem as descobriu e divulgou no seu livro o grande escritor Cônego Júlio Albuquerque mais conhecido como Padre. Júlio, pároco da cidade. Uma das grandes ensaiadoras foi Nair da Rocha Vieira, falecida em 15 de junho de 1992 conservando uma tradição dos seus antepassados os avós que eram negros da costa. Segundo o mestre Théo Brandão registrou em depoimento, Nair da Rocha Vieira mais conhecida por “Nair da Albertina”, levou uma vida de amor e festa pelo folclore miguelense, trazia no sangue o amor pela dança e pela música.Seu avô Jacinto de Andrade Mendonça e sua mãe Albertina de Andrade organizaram o primeiro grupo de Taieiras de São Miguel, sendo a Nair a 1º Rainha das Taieiras. Nair sempre dizia que os personagens da Taieira são> O Rei, a Rainha, o Mateu, a Crioula em forma de boneca e que levava era a Catarina tipo característico das Taieiras. Os personagens trajavam-se e caracterizavam-se como os dos mesmos os dos mesmos nomes e função nos reisados e quilombos . As africanas se dispõem em dois cordões; azul e vermelho vestiam saias rodadas com xale nas costas nos ombros, além de muitos enfeites. Antes da exibição, elas faziam uma homenagem a S. Benedito e Nossa Senhora do Rosário, padroeiro dos pretos. Na produção do som para dançar os instrumentos são: Pandeiros do Mateu, Bombo, Tambor, Maracá, Caixa e Reco -Reco. Atualmente a Casa da Cultura de São Miguel dos campos vem conservando este folguedo mantendo vivo o ideal da grande folclorista Nair da Rocha Vieira através de Jovens de nossa comunidade que dançam a Taieira. No município existem outras manifestações populares como: A Baiana dos Homens, O Coco de Roda, A Capoeira,  Os Repentistas,  A Dança Portuguesa e a Banda de Pífano Os Caetés.

0
3,3 K visualizações •
Atualizado em
Denuncie conteúdo abusivo
Ernande Bezerra ESCRITO POR Ernande Bezerra Escritor
São Miguel dos Campos - AL

Membro desde Junho de 2011

Comentários