Tema Acessibilidade

VIDA ETERNA OU O JEITINHO PARA A MORTE?

Dos mistérios que envolvem a existência

Há um deles que ganha resplendor,

Que angustia, conforta ou causa dor,

Dependendo da nossa consciência.

 

Há um ditado de ordem popular

Que defende pra tudo haver um jeito,

Sendo a morte o único defeito

Impossível de se remediar.

 

Mas na arte de um jeitinho dar

Os humanos cresceram por demais.

E a morte pra muitos não é mais

Companheira do verbo acabar.

 

A matéria tende a se desgastar

E um dia qualquer, sim, terá fim.

Mas a alma buscará seu jardim,

Seu castigo, descanso ou seu penar.

 

E é assim que “buscamos” enfrentar

A ideia de um “fim”; de um “nunca mais”.

Mas é a mente que nega um “jamais”

Ou a vida se dando a revelar?

 

O que é não consigo explicar.

Pode ser invenção, descobrimento...

O que sei é que a dor e o sofrimento

Buscam forma de se atenuar.

 

Também sei que a morte desse jeito

É uma ponte que faz a condução,

Competindo a ela a transição

Entre o mundo real e o perfeito.

Attachment Image
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
0
1 K visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Valci Melo ESCRITO POR Valci Melo Escritor
Senador Rui Palmeira - AL

Membro desde Junho de 2013

Comentários