9º Encontro dos Escritores
Portal Escritores

ESTAÇÕES CONTRÁRIAS


Folhas caindo,

parece outono sendo primavera

com o calor do verão.

 

A beleza dessa folha,

iluminada

com a luz solar,

me permite observar

os frutos que a natureza dá.

 

A folha tão pequena e robusta,

a árvore tão grande,

reluzente e inconstante.

Tão precioso o mundo que a gente não vê.

Tão martirizante esse inferno que a gente faz.

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Lucélia Pontes
Escrito por:
Lucélia Pontes
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 27 de Novembro de 2013

Já foi visto 675 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


670
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Soneto Proibido

Por Leonardo Jordão

Dia das mães

Por Poeta1960

Mãe

Por Wellington Costa

Soneto deitado no chão frio

Por Leonardo Jordão

O repouso do anjo

Por AdrianoRockSilva

Textos do Mesmo Autor
CHOVEU?

Por Lucélia Pontes

CONTEMPLE, PEQUENINA

Por Lucélia Pontes

ALIENADOS

Por Lucélia Pontes

PRESOS

Por Lucélia Pontes

ALMA ERRADA

Por Lucélia Pontes