Portal Escritores

MARIA, DONA. DONA MARIA.

16 e 28 nov. 2013

 

Maria que eras Dona

- e às vezes, dona Maria –,

Tua falta não me abandona

Nem de noite nem de dia.

 

Teu jeito próprio de ser,

Teu estilo singular,

Permanece em meu viver

E deve continuar.

 

Fisicamente partiste,

Mas continuas com a gente.

E quando me sinto triste:

Maria, Dona presente!

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Valci Melo
Escrito por:
Valci Melo
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 28 de Novembro de 2013

Já foi visto 703 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


694
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Mãe

Por Wellington Costa

POESIA PARA MÃE

Por Antonio Batista

Saudade à Pagar

Por Almyr Rodrigues

HOMENAGEM ÀS MÃES

Por Cristovão Augusto

12/05/14 Proteção Materna

Por Reinaldo Moura

Textos do Mesmo Autor
DOIS MUNDOS

Por Valci Melo

MUDANÇA DE ROTA

Por Valci Melo

SINAL VERMELHO

Por Valci Melo