Portal Escritores

MARIA, DONA. DONA MARIA.

16 e 28 nov. 2013

 

Maria que eras Dona

- e às vezes, dona Maria –,

Tua falta não me abandona

Nem de noite nem de dia.

 

Teu jeito próprio de ser,

Teu estilo singular,

Permanece em meu viver

E deve continuar.

 

Fisicamente partiste,

Mas continuas com a gente.

E quando me sinto triste:

Maria, Dona presente!

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Valci Melo
Escrito por:
Valci Melo
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 28 de Novembro de 2013

Já foi visto 660 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


651
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
MINHA MÃE

Por Erisvaldo Vieira

BEIJO DE MÃE

Por Andre Pinto

HOMENAGEM ÀS MÃES

Por Cristovão Augusto

Textos do Mesmo Autor
INVERSÃO

Por Valci Melo

INVER$ÃO DE VALORE$

Por Valci Melo

A MUDANÇA

Por Valci Melo