Portal Escritores

Meia década

 

 

Observo a maçaneta...

Não a toco

Não tocas

Não giras

Não bate

Minhas ideias também não.

 

A maçaneta...

A massa

A maçã

A minha futura neta

A maçaneta imóvel

Visita nenhuma.

 

A tua – espero.

À tua espera.

A minha – esperas.

 

Observo a maçaneta

Sentado aqui a maçaneta

não me observa.

 

                   (Majal-San)

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Majal-San
Escrito por:
Majal-San
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 25 de Dezembro de 2013

Já foi visto 617 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


606
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Saudade do futuro

Por CATARINA

"MEUS DIAS SEM VOCÊ"

Por Lavínia Lins

A Carta

Por katia lima

O QUE DIZER DA SAUDADE

Por Sérgio Moraes

Textos do Mesmo Autor
Luz

Por Majal-San

Erótico

Por Majal-San

Soneto Perdido

Por Majal-San

I won’t translate

Por Majal-San