A era dos palpiteiros

Leonel Alves Leonel Alves 24 de Janeiro de 2014
Se Friedrich Nietzsche tivesse de explicar cada sentença, cada aforismo, provavelmente não teria jamais concluído nenhuma das obras que o tornaram conhecido (e, paralelamente, contribuíram para sua incompreensão). Nietzsche, no Facebook, seria bombardeado por perguntas cretinas de gente que nem sequer esforçou-se para ler (quiçá entender) o que foi publicado. Gente que acreditaria tê-lo refutado apenas publicando uma foto com os dizeres: "Jovem, que rebeldia é essa?" ou outras pérolas argumentativas que pululam aqui.

Como explica o filósofo Olavo de Carvalho, vivemos numa "época de palpiteiros". Gente incapaz de ler um texto até o final, ruminá-lo, considerar detidamente sua(s) premissa(s) e, através do raciocínio lógico (é preciso ter um cérebro para tanto), verificar se a conclusão se segue, mas que não se furta a ter "uma opinião formada sobre tudo" -- e o pior, compartilhá-la.
Geralmente quando encontro alguém que afirma ter "opinião forte" sobre tudo, reconheço diante de mim tão-somente um idiota que não consegue enxergar nada além de si mesmo e que julga tudo conforme a estatura da sua própria pequenez. Por carecer das ferramentas intelectuais necessárias para o debate de ideais é teimoso, ignorante (repulsivo) e arrogante.
Fariam um bem enorme à humanidade todos os administradores de sites, blogs, redes sociais e afins, que desabilitassem o envio de comentários em suas respectivas plataformas virtuais. Tornamo-nos uma cultura de leitores apressados (isso quando nos damos ao trabalho de ler). Não se faz mais qualquer esforço real para compreender o que foi escrito. Antes mesmo que possamos digerir o conteúdo ao qual fomos apresentados já estamos regurgitando uma opinião que, em geral, é estúpida, desnecessária e enviesada -- por ignorar princípios básicos de argumentação, lógica e civilidade. Enfim, tornarmo-nos uma corja de refutadores sem estofo intelectual para tanto, só porque é legal ser "crítico".

 

Attachment Image
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao user original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Denuncie conteúdo abusivo
Leonel Alves ESCRITO POR Leonel Alves Leitor
São Miguel dos Campos - AL

Membro desde Janeiro de 2010

Comentários