Portal Escritores

A RUA E O TEMPO


Autor: SÉRGIO MORAES

 

 

Assim como o Tempo passa, vejo também muitas coisa na Rua passar,

Vejo o povo no dia a dia, passando pra lá e pra cá.

Passam carros, passa gente, idosos, jovens e crianças,

Passa gente desanimada e gente que não perde a esperança.

 

Passa o dia, passa a noite e também a madrugada,

Mais um novo dia amanhece, pra gente seguir a jornada.

Passa a chuva e o frio, passam os dias de calor,

Na Rua passa de tudo, até o tempo passou.

 

O Tempo passa na rua, passa pra gente também,

Passa tudo a nossa frente, num intenso vai e vem.

Na Rua passa de tudo, passa tristeza e alegria,

Vejo passar o povo nos blocos, pulando com euforia,

Vi tristeza nos enterros, passando em outros dias.

 

Na Rua onde moro, vejo passar uma multidão,

Na Festa da Padroeira, acompanhando a procissão,

Na mesma Rua vejo passar, o frevo e animação,

Tudo passa em nossa Rua, é só prestar atenção.

 

O Tempo passa na Rua e na Rua passa o Tempo,

Tudo isso vai passando, assim como passa o vento,

A nossa vida é assim, é vivida de momentos,

O que passou na Rua e no Tempo, ficam em nossos pensamentos.

 

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Sérgio Moraes
Escrito por:
Sérgio Moraes
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 12 de Fevereiro de 2014

Já foi visto 1,431 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


1,372
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Viva o amor

Por Antonio Batista

Tentáculos do tempo

Por CATARINA

ENQUANTO ME FAÇO TEMPO

Por Emerson Kennedy

SE EU TIVESSE UMA VIOLA...

Por m.elena.costa

Inter-tempo

Por Virgínia Tavares

Textos do Mesmo Autor
FREVO DO NOVO LINDÓYA

Por Sérgio Moraes

O MASSACRE DOS INOCENTES

Por Sérgio Moraes

SEMANA SANTA

Por Sérgio Moraes

COMO FICAM OS ELEITORES ?

Por Sérgio Moraes