Tema Acessibilidade

SINTOMAS DO NOVO

09 jan. e 20 fev. 2014

 

O novo é simplesmente o novo...

Por não se encontrar ainda em mim, acomodado, é novo.

Mas quando já está dentro de mim

(Quando é de novo)

Deixa de ser novo

- mesmo que me incomode feito um volvo.

 

O novo me amadurece, embora me angustie.

O novo me desafia, angustia, fortalece.

O novo me arrepia e às vezes me enlouquece.

 

Por não se encontrar ainda em mim, acomodado,

O novo me encanta ou me espanta, me angustia ou me fascina,

Me entristece ou fortalece.

 

Por não se encontrar ainda em mim, bem arrumado,

O novo simplesmente me enlouquece,

Enlanguesce, amadurece enquanto “espécie”.

 

Mas quando já está dentro de mim

E mesmo assim me estremece

É porque marca de novo,

Relembrando o que foi novo,

Mas no fundo não é novo.

É um sintoma de outra “espécie”.

Attachment Image
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
0
±1000 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Valci Melo ESCRITO POR Valci Melo Escritor
Senador Rui Palmeira - AL

Membro desde Junho de 2013

Comentários