Portal Escritores

Intensa. Extensa.

Não gosto de nadar no mar gélido dos receios e das prudências excessivas. 
Ah, não!
Sinto-me mais confortável e livre
No calor fumegante dos riscos.
Do desconhecido.
Do que enrubesce e esquenta a face.
Do que faz me sentir em casa
Cochilando na rede da varanda...
À vontade.
Solta. Leve. Tranquila...

Sou mais eu no sentir e no agir
Do que no parar e pensar e medir e calcular.
Prefiro a neblina. O pôr do sol. A chuva.
Prefiro o êxtase dos sentidos 
À casca protetora dos esconderijos...
















Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
CATARINA
Escrito por:
CATARINA
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 22 de Abril de 2014

Já foi visto 582 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Pensamentos


558
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
AUSENTE DE DEUS E DE MIM

Por Antonio Batista

REENCONTRO DE MIM

Por Rafael Borges

Sobre mim

Por Karollaynne Costa

Eu e você, você e eu

Por Ramon Silva

Meu “eu”

Por Josivaldo Teixeira

Textos do Mesmo Autor
Tentáculos do tempo

Por CATARINA

Vai

Por CATARINA

Não te admito!

Por CATARINA

8 ou 80

Por CATARINA

Mais!

Por CATARINA