Portal Escritores

Mar da loucura ...

 
Simplesmente não perdeu a razão
Foi dominado por uma paixão intensa,
Inundado em um mar de atração
E cada gota de amor era imensa...
 
Nadando de forma irresponsável
Sempre excêntrico e imprudente,
Morrer era quase inevitável
Pra um garoto inexperiente ...
 
Está a procura da margem
Sem disfarçar o olhar libidinoso,
Continuava a admirar só a imagem ...
 
Visualizado por um ser maldoso
Daquele animal selvagem,
Que tirou sua vida sem esforço ...

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Ramon Silva
Escrito por:
Ramon Silva
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 26 de Dezembro de 2014

Atualizado em 26 de Dezembro de 2014

Já foi visto 583 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Sonetos


557
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
M'alma sangra ...

Por Ramon Silva

Terra das Alagoas

Por Ramon Silva

A ignorância do povo

Por Ramon Silva

Queria ser mais...

Por Ramon Silva

Textos do Mesmo Autor
Terra das Alagoas

Por Ramon Silva

Minha Ambição

Por Ramon Silva

À mulher

Por Ramon Silva

TEMPESTADE

Por Ramon Silva