Portal Escritores

Rua


Rua

 

 

Gastou-se a paciência.

Findou-se a tolerância.

Mesmo sem rumo certo,

Seguirei o rumo que meu nariz apontar.

 

Meus gostos se desgostaram de ti;

Derme, epiderme, couro cabeludo, capilar, cópula incerta.

 

Gastou-se a decência.

Findou-se a complacência.

Rua, aqui vou eu.

 

 

Penélope SS

24-1-15   19h:30

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
AdrianoRockSilva
Escrito por:
AdrianoRockSilva
Autor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 17 de Fevereiro de 2015

Já foi visto 592 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


590
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Quimera maceioense

Por AdrianoRockSilva

O OUTRO LADO DA SOCIEDADE

Por Ernande Bezerra

CONTEMPLE, PEQUENINA

Por Lucélia Pontes

Antes Que Meu Coração Pare

Por Emanuel Galvão

MINHA GRANDE FLOR

Por Lucélia Pontes

Textos do Mesmo Autor
Espelho

Por AdrianoRockSilva

mares bravios

Por AdrianoRockSilva

Pares e ímpares

Por AdrianoRockSilva

Não lamente

Por AdrianoRockSilva

Ignorante

Por AdrianoRockSilva