Portal Escritores

POEMA DE LUA


 

 

 

Hoje,
Adormeci
Com meu ser transbordando de loucura!
Lavei a alma e contemplei à lua.

Caminhei em busca
Da quimera perdida de meus ancestrais.

Vieram-me pensamentos ocultos,
De uma imensidão escura,
Mas não tão secretos
Quanto o meu desejo
De alcançar tamanha’lvura.

Quão incomparável és diante das luzes flutuantes.
Lua de sol, crescente, completa, nova minguante.

Vem!

Dá-me tua mão...
Ergue-me para o alto 
Dos teus sonhos
E mostra-me o mistério do teu
Amar...

Ensina-me 
O caminho dos céus e
A doce língua dos anjos.

Dá-me tua luz
E faz-me viver
Como um imortal sonhador
E saborear o líquido do teu prazer.

Oh, minha brilhante lua...
Deusa dos deuses,
Astro dos astros,
Símbolo eterno 
Dos enamorados
Que te contemplam da terra,
Iluminada pela tua suave gota serena.

Ninfa dos meus sonhos,
Mostra-me o simples toque
Do teu lumiar
E, apenas,
Me toca!





























Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Monique Munielle
Escrito por:
Monique Munielle
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 03 de Junho de 2015

Já foi visto 645 vezes

Favorito de 1 leitor

Categoria Poesias


641
Leram
0
Vão ler

Tags

Favorito de 1 leitor
Textos Relacionados
A Lua

Por Wellington Costa

PELO MEIO DO CAMINHO

Por m.elena.costa

Textos do Mesmo Autor
O Salto das Águas

Por Monique Munielle

Amor Univitelino

Por Monique Munielle

A luz de Luzia

Por Monique Munielle

Flor do Sertão

Por Monique Munielle

FLOR DO MATO AMARELA

Por Monique Munielle