Portal Escritores

Eu e você, você e eu


(SILVA- Ramon. 00h15min, 07 de Novembro de 2015).

Não há interpretações em nosso caso
Apenas fatos lúgubres de um devaneio,
Mas que se contradizem em harmonia,
Ontem sendo apenas um mero receio ...
 
Rendido em alucinações revendo brigas
Ainda te quero perto em meu enlace,
Contigo ao lado não entro em exilio,
Onde o perdão te diz “Me abrace” ...
 
Muito atritos numa única aventura,
Infeliz ser, estou eu sem sua doçura,
Gozando do prazer de uma louca ...
 
Outro longo dia passei a te esperar
?Duvidando não saber onde está,
!Sabendo eu que nunca saiu de mim ...
 

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Ramon Silva
Escrito por:
Ramon Silva
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 26 de Novembro de 2015

Já foi visto 801 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Sonetos


794
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
AQUELA VIAGEM...

Por Erisvaldo Vieira

AUSENTE DE DEUS E DE MIM

Por Antonio Batista

8 ou 80

Por CATARINA

SEM VOCÊ

Por Antonio Batista

Textos do Mesmo Autor
Triste cômodo fechado I

Por Ramon Silva

Mar da loucura ...

Por Ramon Silva

Amores Inabaláveis

Por Ramon Silva

Queria ser mais...

Por Ramon Silva