Sonho de Liberdade

Águia Dourada Águia Dourada 28 de Março de 2016
08 de Julho de 2016

Trago comigo um sonho: o de voar
Como pássaro novo que anseia
Do seu ninho a liberdade ganhar.

Quero subir até o mais alto monte
Sentindo a brisa fria no meu rosto
E olhar lá de cima o horizonte

Contemplar o mundo, vê-lo melhor
Porque sei que, por pior que esteja,
Nada é tão triste que viver só

A solidão é como um sensor
Aguça nossos ouvidos sem dó
Aumenta a fala o olffato e a dor

Faz latente os sentimentos tristes
Submete-nos ás fraquezas e às culpas...
Monte que de longe sempre me vistes,

Acolhei-me, guardai-me, sim, cobri-me
E agora, longe de tudo e de todos,
Sofrerei, galgarei meus limites.

Na tristeza da fenda fria grito
Quebro o silêncio com pena na pedra
Renovo minhas forças no atrito.

E quando este ritual terminar
Voarei emfim para a liberdade
Novos mares, picos, ninhos e lar

Livre para caçar sonhar, amar
Livre para escolher onde viver
Ó liberdade! Deixe-me voar!

 

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados ao user. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do user.
Denuncie conteúdo abusivo
Águia Dourada ESCRITO POR Águia Dourada Leitor
Maceió - AL

Membro desde Julho de 2012

Comentários

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login