Tema Acessibilidade

Interior Vermelho

Queima, mas não consome
Parece que desaparece,
Meu desespero não tem,
A que chamar um nome;
E essa luz não vem?
É só a dominação,
Da mais densa escuridão.
Puxei a com força a pele!
O cheiro me atrai
Não repele,você diz:
“Pela nesga observai”
Ouvi teu conselho
O teu interior é vermelho.

TLAVANES FAUSTINO – 28 DE ABRIL; CIDADE UNIVERSITÁRIA

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±1000 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Talvanes Faustino ESCRITO POR Talvanes Faustino Escritor
Maceió - AL

Membro desde Julho de 2013

Comentários