Portal Escritores

LUGAR SOCIAL

06 maio 2017

 

Admira-te

Que eu não veja o mundo

Como tu o vê?

 

Admira-te

Que o que a ti parece óbvio,

A mim não faça sentido algum?

 

Não te admires!

Compreendas:

O óbvio revela apenas a aparência.

E as aparências,

Muitas vezes,

 

Nosso mundo é o mesmo,

É verdade,

Mas o lugar social de onde o vemos,

Não.

Nossas lentes condicionam o nosso olhar.

Nossa posição nos faz ver:

Mais ou menos.

Longe ou perto.

Torto ou são.

 

Por isso, não te admires!

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Valci Melo
Escrito por:
Valci Melo
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 17 de Maio de 2017

Já foi visto 397 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


397
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
RETORNÁVEL

Por Nilton Santos

ANTAGÔNICO

Por Nilton Santos

ASSIM FALOU O PROFETA

Por Ernande Bezerra

Temos que acreditar

Por Aldair rocha

Por ti

Por Cleide Vanderley

Textos do Mesmo Autor
SAUDAÇÃO INCOMUM

Por Valci Melo

DOIS MUNDOS

Por Valci Melo

LIMITES DA BOA VONTADE

Por Valci Melo