Vem aí novidades...
Portal Escritores

O BOM MESMO É MORAR NA VIÇOSA

 

 

            Ao sair para trabalhar, uma de minhas vizinhas já me esperava à porta em frente a minha casa com um “Pão de Santo Antônio” para me entregar. Que alegria!

            Abracei-a e agradeci pelo carinho, pois ela traz, religiosamente, todos os anos da missa de Santo Antônio um pãozinho para mim e para outras vizinhas também.

            A história do “Pão de Santo Antônio” remonta a um fato curioso que é assim narrado: “Antônio comovia-se tanto com a pobreza que, certa vez, distribuiu aos pobres todo o pão do convento em que vivia. O frade padeiro ficou em apuros, quando, na hora da refeição, percebeu que os frades não tinham o que comer: os pães tinham sido ‘roubados’. Atônito foi contar ao santo o ocorrido. Este mandou que verificasse melhor o lugar em que os tinha deixado. O Irmão padeiro voltou estupefato e alegre: os cestos transbordavam de pão, tanto que foram distribuídos aos frades e aos pobres do convento”.

            A riqueza do simbolismo que reside na partilha do Pão de Santo Antônio preenche o meu coração de felicidade. Reconheço que Viçosa é o meu lugar. Mais uma vez me certifico que é aqui, no interior, que as vizinhas não deixam morrer a cultura da partilha. Aqui nós fazemos da doação o verdadeiro sentido da confraternização diária.

            Gratidão!

 

Merandolina Pereira de Melo

Viçosa/AL, junho de 2016

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Merandolina
Escrito por:
Merandolina
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 16 de Julho de 2017

Atualizado em 16 de Julho de 2017

Já foi visto 71 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Crônicas


71
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Textos do Mesmo Autor
A BOLA AMARELA

Por Merandolina

O FRIO - CRÔNICA MINUTO

Por Merandolina

UMA CRÔNICA

Por Merandolina