Portal Escritores

POXIM MEU PORTO SEGURO


 Poxim meu porto seguro, meu estandarte, meu escudo.

Poxim terra prometida, terra muito amada e querida,

 Amor de minha vida.

Terra de grande emoção.

 Poxim terra abençoada, cheia de histórias encantadas,

 Terra que mana leite e mel.

 Poxim meu abrigo, meu oásis, meu paraíso,

 Meu pedacinho do céu.

 Poxim meu aconchego, meu lar, meu torrão,

 Meu pedacinho de chão.

Poxim terra de pessoas hospitaleiras,

 Terra de mulheres guerreiras, costureiras e rendeiras.

Poxim terra de um povo de valor,

 Ordeiro, trabalhador e cheio de amor.

Poxim terra de agricultores, pescadores e jogadores,

 Professores e doutores, cantores e também de escritores.

 Terra de jovens talentosos e  muito estudiosos.

 Poxim, meu Poxim, meu coração, meu país,

 minha pátria, minha nação.

 Pronuncio o teu nome com muita emoção,

Te parabenizando pelos seus 300 anos de plena elevação.

Em um cenário perfeito de contemplação,

Nossa mãe natureza, de riquezas e belezas.

Sua historia está recheada

De glórias, de vitórias e de lindos contos de amor.

Poxim com sua belíssima aurora de resplendor.

Muita ação,  lutas renhidas e grandes revoluções.

 Terra amável, terra afável,

 Terra turística de lindos cantos de seresteiros,

Glorioso Poxim, terra pacata de encantos mil.

Nosso rico e lindo Poxim está localizada em Alagoas,

No litoral de Coruripe, no coração do Brasil.

Poxim possui córrego, rios , lagoa e mar,

Arrecifes, manguezais, rochedos, serras, matas e coqueirais.

Poxim meu Poxim, pronuncio o teu nome com muita dedicação.

POXIM SIM, antiga  Vila real de são José do Poxim,

300 anos de plena elevação,

Um cenário perfeito de riquezas naturais.

Poxim foi palco de uma grande bela história,

Terra que acolheu dois dos grandes heróis verdadeiros,

Homens destemidos e de fato, homens de ferro e punhos de aço.

Cito este dois milicianos com muito orgulho,

E com grande propriedade e muita satisfação.

Coronel Francisco Ferreira e o bravo tenente

Francisco Nery, o nosso tenente Leão.

Que as margens do rio São Francisco,

Em um lugarzinho Chamado Angico, lá dos lados de Sergipe,

Ao comando da volante, com suas heroicas e grandes façanhas,

Numa guerra sem igual, com muita disposição,

Colocou um ponto final, na historia do Cangaço.

Matando nove cangaceiros e a temida Maria Bonita,

Com seu marido Virgulino Ferreira, o Lampião.

Poxim história verdadeira e viva,

Escrita nas paginas de nossas vidas com a letra H,

Pelas mãos do nosso Deus Criador,

Com muito carinho e afeto, amor e devoção.

Este abençoado povoado está contido dentro do meu coração.

Não esquecendo de declarar, o senhor Manoel Felix (mané do Rosário),

Folclórico e popular que com muita humildade nos deixou o seu legado,

Nas linhas retas da vida, nas tabuas do coração,

Com honestidade, amor e simplicidade,

Para a gente de Alagoas do Brasil, de Coruripe e do Poxim,

Com muita transparência, a cultura e a tradição.

Poxim foi contemplado no longo de sua gloriosa historia,

E há muito foi consagrada pela corte de Portugal,

A linda  e imaginaria Princesinha dos litorais.

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Antonio Batista
Escrito por:
Antonio Batista
Autor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 25 de Janeiro de 2018

Atualizado em 27 de Janeiro de 2018

Já foi visto 2,465 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Homenagens


2,465
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Inter-tempo

Por Virgínia Tavares

UMA CERTA MENININHA

Por OLEGÁRIO VENCESLAU

UM PALMARES DESCONHECIDO

Por OLEGÁRIO VENCESLAU

Textos do Mesmo Autor
Pensando sobre o amor

Por Antonio Batista

Esposa Minha

Por Antonio Batista

Ao amigo Willamys

Por Antonio Batista