Portal Escritores

Resoluto

 

 

Sendo o teu olhar tão fascinante,

A tua boca tão desejada,

Imagino os deslizes desse errante

Tripudiando na madrugada...

Haverá, porém, a Poesia – calmante.

 

                          

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Majal-San
Escrito por:
Majal-San
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 10 de Agosto de 2018

Já foi visto 74 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


74
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
O Dom

Por Claudenor de Albuquerque

MINHA MÃE

Por Erisvaldo Vieira

Saudade

Por Claudenor de Albuquerque

Acinzentando

Por Claudenor de Albuquerque

I won’t translate

Por Majal-San

Textos do Mesmo Autor
Aspiração

Por Majal-San

No seu aro

Por Majal-San

Soneto impertinente

Por Majal-San

Dissimular

Por Majal-San

Invasora

Por Majal-San