Portal Escritores

Para minha vó e mãe

Querida mamãe

Sei que não podemos está juntas

Mas todo dia penso na senhora.

Hoje estava cantando a minha primeira música,

aquela que a senhora ensinou para minha irmão e a mim.

sinto por não poder mate-la ao nosso lado.

Sua doçura, sua inocência e felicidade que expadia em um

sorria verdadeiro, as correções dadas em forma de histórias com personagens

marcantes, as tranças feitas nos cabelos antes de dormir, o cuidado de mãe e o desejo de que fósse-mos vencedores,

a sua coragem enfrentou tudo e nus manteve unidos. Lá na

Fazenda era muito bom ouvindo suas histórias e comendo

milho assado na fogueira, olhando o céu estrelado, nada

será esquecido.

Falar da senhora é dizer que Deus lhe deu um coração de

amor. Nem um presente se compara ao que ganhei vivendo

em sua companhia.

Mamãe parte eterna de mim!!!

 

05/05/2011, Andreia Santos a poetisa

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Andreia Santos a poetisa
Escrito por:
Andreia Santos a poetisa
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 27 de Novembro de 2018

Atualizado há 7 dias

Já foi visto 53 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


53
Leram
0
Vão ler

Tags