Portal Escritores

AS RESENHAS E OS FATOS FOLCLÓRICOS ACONTECIDOS NO MUNICÍPIO DE SÃO MIGUEL DOS CAMPOS ( NÃO É DE GRAÇA, NÃO? ESTOU PAGANDO A ELA? )

 

NÃO É DE GRAÇA, NÃO? ESTOU PAGANDO A ELA?

Este simples cidadão morava num dos principais bairros de São Miguel dos Campos, bairro que ficava localizado às margens do Rio São Miguel, ele era funcionário de uma das usinas de açúcar existentes na cidade.
O dito cidadão andava preocupado e desconfiado da sua mulher, mas ele não podia se manifestar, pois não tinha certeza do caso. O pobre rapaz, ja andava de cabeça baixa, envegonhado, pelos boatos e pelos falatórios da vizinhança.
Quando o coitado saía para trabalhar, o tal do pé de pano, adentrava em sua casa, pois o mesmo tinha um caso amoroso com sua mulher.
Um certo dia, um dos vizinhos, resolveu contar para ele, o que a sua mulher aprontava durante a sua ausência, não demorou muito, não, no outro dia, ele fez que ia trabalhar e ficou escondido numa esquina, e de longe ele viu um homem penetrar em sua casa, ele esperou um pouquinho e depois aproximou-se da sua moradia, abriu a porta e de ponta de pé, chegou até a dependência do quarto, e gritou! moço essa mulher é minha? E o rapaz respondeu-lhe, eu sei companheiro? Mas fique sabendo, que estou pagado a ela? não é de graça não? Veja lá! a nota de cinquenta reais, em cima da sua cômoda?.
( Escrito por Ernande Bezerra de Moura ).





Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login