Portal Escritores

BIOGRAFIA DE ROSA GENTIO DA COSTA " A HEROÍNA NEGRA DAS TERRAS DOS CAETÉS "

ROSA GENTIO DA COSTA, "A HEROÍNA NEGRA DAS TERRAS DOS CAETÉS ".

Foi uma das pioneiras da Revolução Pernambucana em 1817, apesar de ser escrava, era uma pessoa carismática, o dono do engenho tinha um grande apreço por sua pessoa, por sinal, ela tinha o mesmo pensamento do patrão, seu desejo era a separação de Alagoas de Pernambuco e ganhar é claro a sua liberdade, por sinal, o dono do Engenho ofereceu a vários escravos, carta de alforria, caso lutassem a seu favor.
Rosa Gentio da Costa, nasceu no Engenho do Coité, no município de São Miguel dos Campos/AL. Quando completou dezoito anos de idade, cortou o cabelo no estilo militar, se vestiu de homem e se alistou na Guarda Nacional para lutar a favor dos portugueses contra os senhores de engenhos, por coincidência do destino os soldados descobriram que Rosa Gentio era uma mulher e como castigo a amarraram em um tronco e lhe deram várias chibatadas no corpo, depois pegaram uma navalha afiada e o cortaram toda sua estrutura física, em seguida jogaram sal a fim de descobrir o nome do seu dono e do engenho no qual ela pertencia.
Segundo reza a história que Rosa Gentio, permaneceu no cárcere, de carne rasgada por ferro em brasa, ainda, sob suplício da sede e da fome, Rosa Gentio, resistiu toda as torturas designadas pela coroa portuguesa, até quando deu seu último suspiro de vida, morreu como uma heroína, por não falar o nome do dono e nem do engenho em que vivia. Na verdade Rosa Gentio era uma espiã que ouvia e depois passava as informações para o seu dono. Nos livros, ela está imortalizada como uma das heroínas negras de Alagoas, sendo considerada a Maria Quitéria das terras dos Caetés.
( Escrito por Enande Bezerra de Moura )




Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Bezerra
Escrito por:
Bezerra
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 17 de Março de 2019

Atualizado em 15 de Julho de 2019

Já foi visto 132 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Biografias


132
Leram
0
Vão ler

Tags