Portal Escritores

Partiu.

Tem gente que parece querer avançar na idade a qualquer preço e não aceita negociação. Veja o exemplo dos jovens, pulam de um ano para o outro sem nem tomarem conhecimento dos próprios feitos, e quando menos se espera chega a notícia: fulano partiu.

Partiu pra onde? De imediato vem a pergunta.

Eu sempre digo aos meus amigos: cara, vai com calma! Por que o corre corre? A frase “viva intensamente” é para os jovens. Com a sua idade essa frase não combina, já faz muito tempo que passastes dos vinte anos. Para com a correria desenfreada, até parece prova de cem metros rasos sem obstáculos. Tá querendo chegar primeiro pra que? Ao final essa urgência não vai fazer você sentir-se mais jovem... nem mais feliz... Não queiras precipitar-se aos fatos. Acalma-te. Aonde quer que você vá inevitavelmente uma hora chegarás lá, pois então relaxa e vá de vagar. A taquicardia é uma ameaça real! Ignora o tique-taque do relógio e evita a euforia; vá no ritmo da ampulheta, tranquilo e calmo e sem fazer barulho. Já pensou em nós, familiares e amigos? Então pensa de novo. Queremos e fazemos questão da sua companhia, lembra-te disso. E aceita. Nada de argumentos.

Falo tudo isso, mas eu mesmo, às vezes, acabo me distraindo e desço ladeira abaixo desembestado.  Pra se ter uma ideia, ontem eu acordei pra completar cinquenta anos, e hoje eu levantei da cama na condição de sexagenário. Levei até um susto!
- Mas já, de um dia para o outro? Com os olhos ainda esbugalhados me fiz essa pergunta, e na sequência logo me veio outra.
- Como isso pôde acontecer?
Corri para o álbum de fotos. A constatação foi deprimente. E olha que eu mal cheguei aos sessenta. Aconselho aos meus amigos, não guardem álbuns de fotografia. Num golpe fatal eles podem aniquilar vocês sem nem roçar-lhes a pele, através, apenas, da constatação visual de fotos no tempo. Álbum de fotografia é um tesouro mortal nas mãos de um idoso. Fica a recomendação pra você que tem um parente acima dos setenta anos em casa.

É isso! Aos que têm condição, façam assim: não se sobrecarregue, evite a correria e não se estresse; complementando a boa dica: compre uma rede ou cadeira de balanço, relaxado acomode-se bem, e viva tanto quanto o tempo lhe permitir.

Nós, amigos e parentes bem quistos, agradecemos.

 

Dilucas














Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Dilucas
Escrito por:
Dilucas
Autora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 30 de Março de 2019

Atualizado em 09 de Abril de 2019

Já foi visto 81 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Pensamentos


81
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Ela se foi de vez

Por Dilucas

Virgindade

Por Dilucas

A Mentira

Por Dilucas

A noite do Digão.

Por Dilucas

Textos do Mesmo Autor