Portal Escritores

SEM VOCÊ

Sem você sou tristeza, sou lamúrias, sou sofrimento,

Sou um pobre mortal em tormento.

Sem você sou uma triste alma abondonada,

Condenada pelo mundo a vagar,

Sou assombro, sou poeira na estrada.

 

Sem você sou dor, sou espanto, sou terror.

Sem você sou trevas, sou dia sem luz,

Sou noite sem luar, sou estrela sem brilhar.

Sem você sou o sol sem brilho, sou luz sem fulgor,

Sem você sou temperatura sem calor.

 

Mas quando sonho com você me renova a esperança

E então menina, com você eu volto a cantar;

Sou céu, sou rio, sou serra,

Sou oceano, sou mar.

 

Com você sou sol, sou chuva, sou alegria,

Sou a verdadeira felicidade,

Enfim ao seu lado sou vida.

 

Mas quando a noite se for e o dia chegar,

Serei um lobo solitário, sem norte,

Sem rumo, sem esperança,

Olhando o horizonte sem destino

Pelas veredas da vida a murmurar,

Esperando mais uma noite para que possa contigo sonhar!

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Antonio Batista
Escrito por:
Antonio Batista
Autor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 21 de Maio de 2019

Já foi visto 62 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


62
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Natural

Por Majal-San

Mundo Novo

Por Claudenor de Albuquerque

Eu e você, você e eu

Por Ramon Silva

Delirante

Por Majal-San

Minha Rainha!

Por Antonio Batista

Textos do Mesmo Autor
O TRABALHO É ALGO DIVINO

Por Antonio Batista

AUSENTE DE DEUS E DE MIM

Por Antonio Batista

Minha Rainha!

Por Antonio Batista

Gratidão

Por Antonio Batista