Portal Escritores

Cegueira

Nevam Cinzas

No céu grafite

Da cidade isolada

 

Chovem choros

De tantas dores

Lamentos e amores.

 

Escorrem sangues

Prantos e mortes

Pensados e arquitetados

Pela cultura local.

 

Cultura do medo,

Ódio e prazer

Em se regozijar

No lamento alheio.

 

Mas cá pra nós,

Será fantasia?

Ou essa cidade está viva

E nós é que fingimos não ver?

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Wellington Costa
Escrito por:
Wellington Costa
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 28 de Junho de 2019

Já foi visto 52 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


52
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Soneto da saudade

Por Leonardo Jordão

ALMA ERRADA

Por Lucélia Pontes

Como sou

Por Josivaldo Teixeira

Canta à tua Deusa nua.

Por Mariane Rodrigues

TRADUZINDO-ME

Por Antonio Costta

Textos do Mesmo Autor
O Amplificador

Por Wellington Costa

Ensaio

Por Wellington Costa

Sonho

Por Wellington Costa

Acaso

Por Wellington Costa

Você

Por Wellington Costa