Tema Acessibilidade

A Morte

A morte chega para todos

Chega mais cedo para os desajustados

A morte é amarga para todos

Mas a vida é amarga para os desviados

 

Eles pretendem purificá-la com fogo

Pelos crimes que ela cometeu, ou não

Não querem saber

Disseram: "Jogue-a na fogueira. Antes ela do que eu"

 

A ele, pretendem crucificar

Lembro-me do filho de José

Que foi morto por amar

Ah, é, Jesus de Nazaré

 

A morte está irritada

Não lhe deixam fazer seu trabalho

Se trancam em seus próprios quartos

E se auto-mutilam à facadas

 

No final, há uma virada

A morte, a tão temida

Por causa do inferno em terra-viva

Torna-se, então, a desejada.

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±500 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Antoniele Santos ESCRITO POR Antoniele Santos Escritora
Matriz de Camaragibe - AL

Membro desde Junho de 2019

Comentários