Portal Escritores

CONFLITUOSOS

Esperei um amor puro,
pois ao um amor puro me entreguei.
Aí, vindo as circunstâncias da vida,
ela nos fez traidor um do outro.
surgindo a Aurora Boreal nos reconstruímos neste cenário sem igual.
Agora, estamos felizes para sempre, bebendo cálices de vinho e paixão. Pois, o amor é assim, se reinventa a cada instante.( Célia Airma)






Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Maria Alice Santos
Escrito por:
Maria Alice Santos
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 05 de Agosto de 2019

Já foi visto 59 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


60
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Como sou

Por Josivaldo Teixeira

Cabelos

Por Claudenor de Albuquerque

AUSENTE DE DEUS E DE MIM

Por Antonio Batista

Amor sem Par

Por monnique