Portal Escritores

Análise da Estrutura da Peça “Prometeu Acorrentado”

Prometeu Acorrentado é uma tragédia grega. É mito grego bastante representativo na literatura  do passado e do presente histórico. Seu grande significado está relacionado com a condição humana e a criação da cultura.      A peça inicia quando por ordem de Zeus, Hefesto prende contrariado, Prometeu a  uma rocha; Crato supervisiona seu trabalho. Prometeu lamenta-se, mas diz que previu tudo, sabe o que irá acontecer no futuro e que Zeus ainda precisará dele. O coro chega ao seu auxilio. Prometeu relata ao Corifeu a luta de Zeus contra os titãs, como evitou que a humanidade fosse destruída por ele, e os benefícios que obteve para os mortais. Oceano vem visitá-lo, exorta-o a dirigir-se com humildade a Zeus e diz que tentará interceder em seu favor, mas prometeu o dissuade. O coro lamenta novamente o destino de prometeu, ele conta que todas as artes vieram aos homens através dele a construção de casas e navios, a domestificação de animais, etc. o errante Ió na forma de novilha, perseguida desde Argo pela incessante picada de um inseto enviado pela ciumenta Hera. Prometeu revela-lhe as coisas que irão acontecer até chegar ao seu destino, o Egito, e que um dia será libertado.

O coro conta “o bem supremo é a mulher se casa segundo a própria classe “e esperam em Zeus nunca olhe pra elas”.

Prometeu finalmente revela finalmente do Corifeu que o filho gerado por Zeus em casamento próximo o destronará e que somente ele sabe como impedi-lo.

Hermes aparece e interroga-o, mas Prometeu nega-se a revelar qualquer coisa. Hermes avisa que Zeus lhe dará novos castigos, um trovão o lançará no fundo da terra e quando voltar à luz, uma água virá diariamente comer-lhe pelo fígado. Prometeu recusa-se novamente, e diz que já ouve o trovão de Zeus aproximar-se.

O dialogo é formado de falas “puras” cuja a mensagem reside nela própria e não na referencia  a conjunturas exteriores; e oferecem informações em discurso-direto... É um dialogo-dissertação estado absoluto da ideologia e/ou pensamento das personagens envolvidas.

O narrador é virtual dispersa ou insento nas 1ª pessoas que profere o diálogo.

O tempo em que a peça está ambientalizada e a antiguidade. Ocorre corporificado nos personagens que se confrontam pelo dialogo.

O espaço, o conflito da trama praticamente dispensa o espaço que é caracterização pela natureza onde prometeu foi acorrentado a uma rocha inóspita.

Os personagens, cada protagonista fala no próprio nome, de modo que o “eu” é a pessoa verbal. Exceto Zeus que é a personagem ausente do palco. Todos os personagens são divinos. Há também a presença do caro de jovens oceânides de Oceano e primas de prometeu.

O texto é construído sob a densidade poética, que cristaliza nos versos. Essa forma de composição do texto da peça favorecia a fixação da história que eram transmitidas oralmente de geração e geração.

 

 

 

 

 

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Maria Alice Santos
Escrito por:
Maria Alice Santos
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 07 de Agosto de 2019

Já foi visto 17 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Teoria Literária


17
Leram
0
Vão ler

Tags