Portal Escritores

Pensamento Nocivo

 

Durma profundamente

Vítima de suas próprias palavras e pensamentos

Que quando chegar o vento

Teu corpo cairá dormente

 

Moça torta e inconsequente

Espero que morras enquanto dorme

Pois és imperfeita e delinquente

Não pertences à esse lugar

 

E quando a lua chegar

Te levará toda a dor

E quando a porta abrir

 

Irás esquecer-te de ti

De teu rosto, teu vir

De tua alma, de teu andar

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Antoniele Santos
Escrito por:
Antoniele Santos
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 25 de Setembro de 2019

Já foi visto 22 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


22
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Cérebro em lágrimas

Por Antoniele Santos

A carta

Por Antoniele Santos

Melancolia

Por Luangelys De Paula

Passarinhos

Por Antoniele Santos

ALEGRES DEVANEIOS

Por Emerson Kennedy

Textos do Mesmo Autor
Dez mil canções

Por Antoniele Santos

Mania de ser Deus

Por Antoniele Santos

A Morte

Por Antoniele Santos

O que você faz?

Por Antoniele Santos

Você que não viu

Por Antoniele Santos