Portal Escritores

Pensamento Nocivo


 

Durma profundamente

Vítima de suas próprias palavras e pensamentos

Que quando chegar o vento

Teu corpo cairá dormente

 

Moça torta e inconsequente

Espero que morras enquanto dorme

Pois és imperfeita e delinquente

Não pertences à esse lugar

 

E quando a lua chegar

Te levará toda a dor

E quando a porta abrir

 

Irás esquecer-te de ti

De teu rosto, teu vir

De tua alma, de teu andar

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Antoniele Santos
Escrito por:
Antoniele Santos
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 25 de Setembro de 2019

Já foi visto 148 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


148
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
CARENTE MELANCOLIA

Por Emerson Kennedy

A carta

Por Antoniele Santos

MELANCOLIA

Por Letícia Pontes

Melancolia

Por Luangelys De Paula

Cérebro em lágrimas

Por Antoniele Santos

Textos do Mesmo Autor
Vivendo à partir da razão

Por Antoniele Santos

Incompativelmente Compatível

Por Antoniele Santos

A Morte

Por Antoniele Santos

Te Alegra

Por Antoniele Santos

Minha Loucura

Por Antoniele Santos