Portal Escritores

A carta

 

Eu sou uma péssima pessoa

Terrível! Um ser humano desprezível

Eu machuco sempre o teu coração

Estou sempre errando e nunca alcanço a perfeição

Talvez eu devesse deixa-lo em paz

 

Talvez seja esse o motivo pelo o qual não vou à tua casa

Não consigo te olhar, te olhar cara a cara

Pois sou impura, portanto, só aceitei meu destino

 

Não mereço nenhum título

Na verdade, não mereço nada

Sou uma mentira, um desastre, uma piada

Usando capa de boa coisa, de perfeita

 

Por isso, agora, deixo que tudo seja

Nada de ruim acontecerá sob minha influência

E, se estiver certa a tua crença,

De tão bom que és, nunca mais iremos nos encontrar.

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Antoniele Santos
Escrito por:
Antoniele Santos
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 25 de Setembro de 2019

Já foi visto 32 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


32
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Melancolia

Por Luangelys De Paula

Acabou!?

Por Max Farias

CARENTE MELANCOLIA

Por Emerson Kennedy

REMORSO DE UM FILHO

Por Antonio Batista

Passarinhos

Por Antoniele Santos

Textos do Mesmo Autor
Passarinhos

Por Antoniele Santos

Pensamento Nocivo

Por Antoniele Santos

Mania de ser Deus

Por Antoniele Santos

Você que não viu

Por Antoniele Santos

Como amar

Por Antoniele Santos