Instrumento do corpo

Andre Pesilva Andre Pesilva 23 de Novembro de 2019
23 de Novembro de 2019
 
O dedo bate na corda do violão. 
Bate uma saudade!
As mãos batem no tambor.
Bate uma solidão!
Estou no som da dor.
Não há lamento no silêncio.
Coração, por que me inquietas com tantas paixões,
já não basta bater, para manter o meu corpo vivo?
Attachment Image
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao user original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Denuncie conteúdo abusivo
Andre Pesilva ESCRITO POR Andre Pesilva Escritor
São Paulo - SP

Membro desde Novembro de 2019

Comentários

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login