9º Encontro dos Escritores
Portal Escritores

O vazio


 

 

Um vazio dentro de mim que me impulsiona a não sei o que.

Preciso preenchê-lo, mas não sei se é com amor.

Em tempo de gratidão, tenho muito, mas não sinto preencher.

Sinto o vazio da dor, que tenta me esmorecer.

Sinto o vazio do amor!

 

Um vazio dentro de mim que me incita a questionar, a noite, o dia, o vento...

Um vazio cheio de expectativas, de dúvidas, de medo, algo que vem de dentro.

Sinto um vazio que me exige mudanças, e penso exigências do tempo.

Preciso entender o vazio do choro, do sorriso, do contentamento.

Sinto o vazio do tempo!

 

Um vazio tão grande dentro de mim capaz de insanidades.

Um vazio que me oportuniza buscar coisas, gente, amizades.

Um vazio que não consigo entender, me detém as buscas nesta realidade.

Sinto um vazio como um tempo imenso devorando a ansiedade.

Sinto um vazio de amizades!

 

Um vazio gritante dentro do silêncio cortante das minhas idas e vindas.

Sinto um espaço vazio para tudo que se faz vida.

Quem dera neste vazio agradecer oportunidades por ele oferecidas.

Um vazio dentro de mim que me deixa esquecida.

Sinto o vazio da vida!

 Ana Gomes, 27/12/2019

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Ana Gomes
Escrito por:
Ana Gomes
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 28 de Dezembro de 2019

Já foi visto 185 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


186
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Souvenir

Por Claudenor de Albuquerque

Verdadeiro sentido

Por Deco Medeiros

Torcida pelo meu amor

Por Nathália Amanda

A traição

Por Val Marks