Tema Acessibilidade

Viver, viver, viver

 

Precisaste de ombro pra recostar,

O meu te ofereci sem pensar,

E o resultado foi bom.

Unimos nossas almas num instante,

Que ao virar amor, fecundou constante,

E a vida nos deu o tom.

 

O tom da eterna constância,

Os anos vividos tiveram relevância,

Cinquenta anos de amor.

Se hoje velhos estamos, não faz mal,

São coisas da vida, e é até surreal,

Que as Bodas nos cheguem com ardor.

 

Não olhes pra trás, não busques a nascente,

Filhos e netos são um belo presente,

Que nos deu o Criador.

Vivamos a vida em gratidão,

O tempo que resta, sem solidão,

E louvemos ao Senhor.

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
127 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Paulo C Freire ESCRITO POR Paulo C Freire Escritor
Maceió - AL

Membro desde Dezembro de 2019

Comentários