9º Encontro dos Escritores
Portal Escritores

DAS ALTURAS CELESTES!


João Lemos

14/10/2018

Das alturas celestes descidas,

Venha a nós o teu ser imortal!

Sede alento e aparo na vida,

E no céu nossa Glória real.

 

É Jesus nosso Rei soberano,

Revestido de glória e esplendor:

Nesta terra emana tua graça,

De concórdia, de paz e de amor!

 

Ergamos a voz de Alegria,

De elegância, de graças, de luz.

Vinde a nós pela eucaristia,

O teu reino imortal ó Jesus!

 

Nós queremos unidos em festa,

Proclamar o teu reino de paz.

Somos teus ó Jesus sem reserva,

E sem ti não vivemos jamais.

Comentários

Magna Cristina
Magna Cristina 21 de Junho de 2020 às 00:25

Um poema que reflete a plenitude do ser Cristo, o qual simboliza o sentimento de pertença do eu lírico com a Divindade Maior apontada. Identifiquei-me muito com este poema. Parabéns!

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
João Lemos
Escrito por:
João Lemos
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 20 de Junho de 2020

Atualizado em 20 de Junho de 2020

Já foi visto 115 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Religiosas


115
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Moema

Por Marcos da Cruz

MENINO DE RUA

Por Ernande Bezerra

Escambo

Por Emanuel Galvão

Escombros

Por Marcos da Cruz

Textos do Mesmo Autor
UM BRILHO DE AMOR!

Por João Lemos

SEGURA O COCO!

Por João Lemos