UM BRILHO DE AMOR!

João Lemos João Lemos 28 de Junho de 2020

João Lemos

27/06/2020

Aqui em meu quarto escuro,

Me desnudo de toda a vaidade,

Me deito no berço da verdade,

E fico a contemplar o tudo.

 

Rompendo o escuro um fanal clarão,

É a lua soberana que clareia a minha solidão,

Apresentando encantadora beleza,

tocando-me o coração.

 

Toca-me através da luz que encandeia, 

Penetrando nas minhas veias,

Uma invisível energia,

há que doce alegria contemplar tanto fulgor.

 

Qual bela lua de doce esplendor,

Entre as serras sussurra o nosso amor,

surgindo da forma mais discreta que se pode imaginar,

tal qual a lua surgiu em minha vida seu belo olhar.

 

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados ao user. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do user.
Denuncie conteúdo abusivo
João Lemos ESCRITO POR João Lemos Escritor
Maceió - AL

Membro desde Junho de 2020

Comentários

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login