PREFEITOS ELEITOS NO MUNIC DE SÃO MIGUEL DOS CAMPOS, APÓS A REDEMOCRATIZAÇÃO DO PAÍS ( QUINTA PARTE )

Ernande Bezerra Ernande Bezerra 06 de Julho de 2020

* QUINTA PARTE

O nono prefeito a comandar o destino do município foi o empresário Wellington Apratto Torres que teve como vice o empreendedor José Rinaldo Gameleira.
Neste tempo, o país ainda vivia sob o domínio da ditadura militar, mas o presidente da época, General Ernesto Geisel, fazia um governo menos rigoroso e que iniciou a abertura política que levou a nação, alguns anos depois a democracia.
Mesmo assim, em 1977, houve momento de tensão, quando o presidente mandou fechar o Congresso Nacional, buscando a reforma política e a reforma judiciária, fato que aconteceu no dia 14 de abril, com a Emenda Constitucional de número oito, que reabriu o congresso.
Divido a essa emenda os mandatos de prefeitos passaram a ter seis anos de duração.
Desta forma Wellington Torres administrou o município, de 1983 a 1988.
Durante a sua gestão o prefeito Wellington Torres teve um grande aliado do seu lado, seu pai, o inesquecível deputado estadual, Diney Soares Torres que se elegeu por dois anos consegutivos, pra felicidade da cidade de São Miguel dos Campos, os mandatos de deputados foram durante a administração do filho, de 1983 a 1987 e de 1987 a 1991, nas gestões dos governadores do estado, Divaldo Suruagy e José de Medeiros Tavares.
Como deputado estadual, Diney Soares Torres consegue trazer verbas federais para serem empregadas no município.
Com recursos nas mãos, o prefeito Wellington Torres começou a realizar diversos benefícios para o desenvolvimento e crescimento do município.
Construiu na cidade cinco obras para ficar imortalizada dentro da cultura e da história do município, como se diz no ditado popular "Obras Para Cem Anos".
As obras foram as seguintes: O prédio da Prefeitura, o Ginásio de Esporte, do Mercado Público, Matadouro Municipal e a reformar da Praça Padre Júlio de Albuquerque.
Na sua gestão foram eleitos os seguintes vereadores: Cláudio Cavalcante Pessoa (Presidente), Marly Ribeiro Aprígio, Adilson Francisco Duarte, Benedito Severino Filho, José Correia Pinto Irmão (Moacir do Ouro), José Eudes de Carvalho, José Honório da Silva, José Martins Filho e Luiz Gonzaga da Silva.
Um fato lamentável que aconteceu nesta gestão, foi o falecimento do vereador e professor José de Aquino, vítima de um trágico acidente automobilístico, além dele, também morreram outras pessoas, entre os mortos estava o ator e diretor de teatro Cícero Roberto.
No lugar do vereador José de Aquino foi empossado o seu suplente, vereador José Correia Pinto Irmão, mas conhecido pelo pseudônimo de Moacir do Ouro, além de Moacir, também foi empossado como vereador o Sr. Cláudio de Souza Moura.
O décimo prefeito de São Miguel dos Campos foi o empresário Francisco Hélio Jatobá que teve como vice o doutor Cícero Jorge.
Francisco Hélio Jatobá administrou o município de São Miguel dos Campos, de 1989 a 1992.
Francisco Hélio Jatobá foi um dos responsáveis para o desenvolvimento sócio cultural do município, através dele a cidade ganhou prestígio nacional, tornando-se uma das mais badaladas cidades do Brasil, divido as festas que foram realizadas na
sua gestão.
Exemplo disso foi a festa da cana - FESCANA, evento que atraiu diversas pessoas de outras localidades como também emvestidores para a cidade de São Miguel dos Campos, a cidade transformou-se numa grande feira, com exposição de máquinas Agrícolas, de material para o homem do campos e de matéria prima direcionada para o crescimento da cana.
Foi armado de frente ao Banco do Brasil um palco gigantesco para os artistas que foram contratados para abrilhantar a festa, ente eles: Alcione, Roberto Ribeiro, etc.
Mas, a festa que mais chamou atenção foi as festas juninas que eram realizadas no pátio do Ginásio de Esporte José de Medeiros Apratto, com cantores da região nordestina como também cantores de renome nacional, como por exemplo: Zezé de Camargo e Luciano, Beto Barbosa, Cláudio Rios e outros.
Também havia fora do ginásio um palhoção com um palco armado para apresentação dos cantores de forró e dos trios pé - de - serra.
Até hoje, Francisco Hélio Jatobá é lembrando pelo povo miguelense, principalmente pela música gravada por Cláudio Rios, intitulada de " Em Alagoas, São João é São Miguel" que tornou-se tema oficial de abertura das festas juninas da cidade de São Miguel dos Campos.
A principal obra realizada na sua gestão foi a construção da Centro Social Urbano - CSU.
Também foram eleitos os seguintes vereadores: Roberto Jucá (Presidente), Jackson Soares Torres, Aleúdo Dias, Antônio Domingo dos Santos, Carlos Henrique Almeida Alves, Geraldo Gomes da Silva, Gilvan Correia da Silva, José Décio Jatobá, José Silvestre Moreira da Silva e Osman Bezerra do Nascimento.
Este mandato teve a duração de quatro anos.

( Texto Escrito Por Ernande Bezerra de Moura )

Denuncie conteúdo abusivo
Ernande Bezerra ESCRITO POR Ernande Bezerra Escritor
São Miguel dos Campos - AL

Membro desde Junho de 2011

Comentários