Indivíduo Mórbido

Ainda existe alguma esperança?
Valdemir Junior Valdemir Junior 26 de Julho de 2020
26 de Julho de 2020

Nesse vasto jardim, observando toda essa plenitude devastada pela ignorância, vejo ao relento um indivíduo que se encontra em cima do muro. Com seu coração amargurado, sentado em cima de seus próprios cacos, sendo escravo de seus próprios pensamentos e ao lado dele todo o acervo de retaliação.

Suas lágrimas formaram grandes rios profundos ao seu derredor, de sua depravação se transformaram em grandes árvores secas e mortas. As pessoas que ele tinha como amigos se transformaram em grandes cobras horrendas e todas elas se alimentavam de seu sangue, que jorrava sem parar por causa dos ferimentos causados pelos cacos que estavam espalhados no muro.

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados ao user. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do user.
Denuncie conteúdo abusivo
Valdemir Junior ESCRITO POR Valdemir Junior Compositor
Matriz de Camaragibe - AL

Membro desde Janeiro de 2020

Comentários

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login