distante

Israel d'Luca Israel d'Luca 27 de Julho de 2020

olhares dissonantes entre olhares distantes
constantes
semelhantes ao sentimento que não se define
e à lágrima que se exibe
mas não quer se expor

lugares distraídos em seu silêncio cálido
guardado
serrado pela fúria do vento que se aproxima
e a luz do sol, raríssima
nos dias de se opor

hoje, o vento está lendo o meu rosto parado no ar...

mas, as cabeças pensantes nas ruas sonantes
gritantes
despidas da ignorância cruel que reprime
à beleza da lua, extingue
o que for dissabor.

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados ao user. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do user.
Denuncie conteúdo abusivo
Israel d'Luca ESCRITO POR Israel d'Luca Artista
São Miguel dos Campos - AL

Membro desde Julho de 2020

Comentários

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login