Tema Acessibilidade

O Lar que me Aquece

No vaivém oscilante dos olhos teus,
naufraguei numa paixão descomunal.
Irrequieta de volúpia, rumei a ti;
e juntos, experienciamos um deleite visceral.
Nada nem ninguém poderá sentir tal ardor:
cada qual sente a seu modo, assim sucede.
Ah! Quem diria que esta flama se tornaria amor?
Quem diria que tu serias o lar que me aquece?
Eu anseio por ti, venha ser feliz ao meu lado!
Eu careço de te amar, venha, me tome em teus braços!
Tu és meu e eu sou tua,
tomara que não sejamos como o sol e a lua!
Que possamos irradiar no mesmo céu,
ser um do outro sem pudor.
Aceite a minha proposta, pois tu bem sabes:
comigo, não haverá dor.

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
73 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Jeane Tertuliano ESCRITO POR Jeane Tertuliano Escritora
Campo Alegre - AL

Membro desde Agosto de 2020

Comentários