Tema Acessibilidade

Omissão!

• Atualizado

Um candidato a Vereador abordou-me na rua somente para entregar-me seu prospecto de campanha. Eu disse-lhe:

- Amigo, eu não quero, porque voto nulo.

- Ora, se o senhor vota nulo, o senhor está se omitindo.

- Não! Vai depender da sua interpretação.

- Não senhor, o senhor está se omitindo de fato. Depois não pode reclamar.

- Claro que posso!

- Não, não pode. O senhor não quer participar, terá melhor proveito se ficar em casa! Ir até o local de votação arriscando ser acometido pelo covid 19 só para depositar um voto nulo na urna, pra que isso? Fica em casa!

- Me diz, por que eu deveria lhe ajudar a conseguir um emprego que paga R$ 19.000,00 por mês só de vencimento, fora os penduricalhos, e cuja única exigência é um nada consta da delegacia, por quê?

- Porque estamos numa democracia, as eleições estão chegando e eu sou um dos candidatos que posso fazer pela população melhor do que os que hoje lá estão.

- Fazer melhor o quê, senhor candidato? Eu preciso do que, neste momento, que os vereadores, ocupantes da Câmara, hoje, não estão fazendo?

- A população precisa de saúde pública de qualidade, transporte público que funcione, precisa de educação para as crianças... Tudo isso eu vou fazer melhor.

- Fazer melhor como? O seu currículo consta neste prospecto? O senhor tem alguma formação jurídica, sabe como redigir uma lei? O que o senhor entende de educação? O senhor é professor, por acaso? Em vez de me fazer ouvir suas promessas o senhor tem que me convencer que é competente e conhece bem do que pretende realizar.

- Eu posso lhe garantir que pelo menos roubar eu não vou. Todos que me conhecem e conhecem a minha família, sabem que sou um homem honesto e venho de uma família honesta.

- O amigo não tem que me dizer que é virtuoso, isso é o que todo mundo espera do senhor. Ouça-me um instante, caro candidato, ao deslocar-me de minha casa até a urna e depositar meu voto, estou cumprindo com o dever do eleitor, certo? Responda-me isso, por favor.

- Sim, está certo.

- E acatando essa exigência tenho todo direito de reclamar, como não? Se eles tivessem nos dispensado o DEVER pelo VOLUNTARIADO, garanto que não estaríamos aqui discutindo esse assunto. O companheiro sabe muito bem que o voto NULO assim como o voto VÁLIDO são escolhas legítimas. Vocês, políticos, não divulgam o voto NULO por conveniência, mas esta é uma opção que faz parte do processo, não fosse assim, tal voto seria recusado por ser inválido. Querer negar o óbvio já começa por criar desconfiança.

Nesse instante ele cortou-me a fala para incistir, dizendo:

- Isto é omissão! Não votar em candidato algum é se omitir. Depois vai reclamar de quem? Do concorrente que não recebeu o seu voto mas se elegeu, com que moral?

- Com a mesma moral dos que foram voto vencido, que ajudaram outro postulante, mas foi o adversário, mais votado, quem assumiu a vaga. Ora bolas! Ouça mais isso, companheiro, para ganhar meu voto, opretendente tem que ser moralmente íntegro - como o senhor mesmo diz que é -, este ponto é primordial, tem ainda que mostrar que há muito já convive com a causa pela qual garante que vai lutar, seja ela qual for: saúde, educação, transporte, segurança pública... Além de tudo isso tem também, que me CONVENCER que é competente, conhece bem, está preparado e pode efetivamente melhorar o que promete defender; sem o que, o meu voto será NULO. Simples assim.

O que pode ser mais óbvio do que isso? Não encontreicandidatocompetente, nenhum, com quem conversei,me convenceu que cumprirá o que promete, então eu voto NULO.

Por outro lado, lembre-se, ninguém tem que dar seu voto para qualquer um só pra não ouvir que foi OMISSO. Não seja assim leviano.

OMISSÃO!

Isso não é OMISSÃO, a isso chamamos de LEVAR A SÉRIO A RESPONSABILIDADE.

Dilucas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±100 visualizações •
Atualizado em
Denuncie conteúdo abusivo
Dilucas ESCRITO POR Dilucas Autora
Rio de Janeiro - RJ

Membro desde Dezembro de 2017

Comentários