Tema Acessibilidade

A HISTÓRIA DA PRAÇA PRESIDENTE GETÚLIO VARGAS DA CIDADE DE SÃO MIGUEL DOS CAMPOS -AL

• Atualizado

A Praça Presidente Getúlio Vargas foi construída na administração do Prefeito Moacir Cavalcante.

Getúlio Dornelles Vargas foi um advogado e político brasileiro, líder da Revolução de 1930, que pôs fim à República Velha.

Foi Presidente do Brasil em dois períodos, de 1934 a 1945 e 1951 a 1954, antes disso, ele também foi Presidente Interino do Brasil, em 1930.

Ele nasceu na cidade de São Borjas, Rio Grande do Sul, no dia 18 de agosto de 1882 e faleceu no Rio de Janeiro, no dia 24 de agosto de 1954.

O Prefeito Moacir Cavalcante governou o município de São Miguel dos Campos, de 1961 a 1964.

A praça foi erguida no terreno baldio por de trás do Grupo Escolar Visconde de Sinimbu, contendo apenas, quatro bancos de alvenarias, três postes com luminárias global e no centro, uma pequena base com o busto do Presidente da República, Coronel Getúlio Vargas.

No pequeno espaço da praça funcionava de frente para a Rua do Comércio, um Posto de Gasolina, pertencente ao Sr. Sebastião Xavier, pai do renomado professor e artista plástico, Eduardo Xavier. Anos depois, o posto foi vendido para o empresário Pedro Conhaque.

Como o ponto dos taxistas ficava próximo à praça, ela ficou sendo o ambiente de conversa e de descanso desses profissionais do valante.

A Praça Getúlio Vargas foi reformada na gestão do Prefeito Júlio Soriano Bonfim, que geriu o município, de 1969 a 1973.

Na ocasião foi acrescentado na praça uma pequena fonte e nela foi instalado um relógio solar, que marcava às horas através da temperatura do tempo. A noite o relógio era alimentado pelas águas giratória da fonte, tornando a mesma, mult colorida.

O busto do presidente foi mudado para o lado esquerdo da entrada da praça, para que as pessoas podessem ter mais visibilidade ao ambiente.

Depois da fonte, foi alavancada uma discoteca, que recebeu o nome de Caribe, pertencente ao comerciante Luis Moreira.

Durante o dia ela se tornava num restaurante e a noite numa casa dançante, com som acústico e sobre o teto, havia um globo giratório com iluminação negra.

A caribe passou a ser o ponto de encontro da sociedade miguelense, dos casais de namorados e dos jovens da cidade, principalmente à noite.

A macarronada era o prato de preferência dos frequentadores da casa.

Zé Cláudio e Toinho se tornava na maior atração da noite, pois os mesmos imitavam os passos e os movimentos de John Travolta.

Segundo o filho do empresário, o posto de gasolina foi desativado pela prefeitura, para que a área da praça ficasse mais amplas e também para dar mais conforto para os frequentadores da casa.

O posto de gasolina foi demolido na gestão do Prefeito Wellington Torres, que administrou o município, de 1983 a 1988.

Durante a sua trajetória, a caribe teve diversos donos, curioso, foi quando o relógio deu problema, ele foi retirado da fonte e no seu lugar, foi colocado um casal de jacaré.

Nos idos de noventa, a caribe foi desativada, infelizmente, não sabemos explicar o motivo da sua decadência.

Na gestão da Prefeita Rosiane Santos, que administrou o município, de 2005 a 2008, foi construído um espaço para os artesães, foram erguidos na praça, dois blocos, um para o escultor Cícero Eugênio e o outro para a Associação dos Artesães do Barrio de Fátima, antes, já havia na praça, uma loja de floricultura de propriedade da Sra. Laudicéia Oliveira.

Anos depois, as lojas fecharam por falta de movimentos, poucas coisas eram vendidas, os próprios artesãos, acharam por bem, fechar às portas. Muitos deles, foram embora de São Miguel, por falta de apoio e de incentivo da população e dos gestores municipais.

Quando o Prefeito George Clemente assumiu a prefeitura do município, no período de 2013 a 2016, ele fez uma grande reforma na praça, construiu sete pontos comerciais e transformou o ambiente, numa praça de alimentação.

Todos os pontos foram locados para os profissionais da área do comércio e da área da culinária.

Hoje a praça de alimentação é um dos pontos mais fequentandos da cidade, não só pela sociedade miguelense como também, por pessoas de outros lugares.

E o mais bonito da história, é que a praça nunca perdeu a sua indentidade, ou seja, continua sendo " Praça Presidente Getúlio Vargas ".

( Texto Escrito Por Ernande Bezerra de Moura )

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±500 visualizações •
Atualizado em
Denuncie conteúdo abusivo
Ernande Bezerra ESCRITO POR Ernande Bezerra Escritor
São Miguel dos Campos - AL

Membro desde Junho de 2011

Comentários